SENSORES INDUSTRIAIS

Sensores Ópticos

Visão Geral

Os Sensores Ópticos são sensores cujos elementos de emissão e recepção estão justapostos no mesmo conjunto óptico. Os raios emitidos pelo transmissor refletem na superfície do objeto detectado e retornam ao elemento receptor.

Funcionamento

A interrupção ou incidência de um feixe luminoso sobre um foto-receptor, provoca uma comutação eletrônica. A emissão de luz é invisível, proveniente da emissão de raios infravermelhos. Para conseguir uma máxima eficiência e potência, a emissão de luz infravermelha é modulada ou pulsada com uma frequência próxima de 1,5 kHz, que será interpretada por um receptor óptico sintonizado nesta mesma frequência, imunizando o sistema totalmente da recepção da iluminação ambiente ou raios luminosos estranhos.

 

Aplicações

Como os sensores emitem uma luz invisível, podem ser utilizados ilimitadamente em sistemas de alarme (ambientes internos ou externos), formando uma barreira invisível que ao ser interrompida, pode acionar diversos sistemas de comando. Também podem ser utilizados na contagem e detecção de peças.

Os modelos SR (reflexivos) ou SD (difusos) são comumente utilizados onde um espelho ou a própria peça a ser detectada reflete os raios infravermelhos, desde que as peças não tenham suas superfícies opacas. Os sensores SR também podem ser utilizados em locais onde a instalação de um sistema convencional por barreira é de difícil ajuste ou acesso. Pode-se ainda formar uma barreira de luz infravermelha com um sistema reflexivo, usando um espelho prismático especial, alinhado com o sensor, desta forma o sensor terá seu alcance ampliado e caso a barreira entre sensor e espelho seja bloqueada, a irradiação de luz é interrompida, ocorrendo uma comutação eletrônica.

Os sensores ópticos pelo sistema de barreira (EO/RO) possuem um alcance maior que os reflexivos, chegando a lances de até 30 metros, enquanto os reflexivos e por difusão a 5 metros. Não é aconselhada a utilização de sistemas reflexivos em alarmes, pois poderão ser facilmente burlados com a colocação de um espelho na frente do sensor em qualquer ponto de alcance do feixe.

 

Instalação

Deve-se ter atenção especial para que raios de luz de muita intensidade, tais como holofotes, raios solares, flashes, etc., não incidam diretamente sobre o receptor.

Linha de sensores ópticos

O funcionamento dos sensores ópticos baseia-se na emissão de um feixe de luz, o qual é recebido por um elemento foto-sensível. Basicamente são divididos em três tipos distintos: sistema por barreira, difusão e reflexão.

Sistema por barreira - Corpo metálico cilíndrico

É um sistema formado por ópticos alinhados, ou seja, o dispositivo emissor de luz é colocado frontalmente e alinhado ao dispositivo receptor.

Modelos corrente contínua e alternada: Cabo e conector.

Sistema por difusão - Corpo metálico cilíndrico

Os elementos de emissão e recepção infravermelho estão montados justapostos em um mesmo conjunto óptico, direcionados para a face sensível do sensor. Os raios infra-vermelhos emitidos pelo transmissor, refletem sobre a superfície de um objeto e retornam em direção do receptor, a uma distância determinada (distância de comutação) que provoca o chaveamento eletrônico, desde que o objeto possua uma superfície não totalmente fosca.

Modelos corrente contínua e alternada: Cabo e conector M12.

Sistema por difração - Corpo metálico cilíndrico

São sensores cujos elementos de emissão e recepção estão justapostos no mesmo conjunto óptico. Os raios emitidos pelo transmissor refletem em um prisma e retornam em direção ao receptor. Quando este prisma é mergulhado em qualquer líquido, os raios se dispersam desviando sua trajetória, ocasionando uma comutação eletrônica colocada a sua frente e retornam ao elemento receptor.

Modelos corrente contínua: Cabo e conector M12.

Sistema por difusão, reflexão, barreira - Corpo plástico retangular

São sensores cujos elementos de emissão e recepção estão justapostos no mesmo conjunto óptico.

Modelos corrente contínua e alternada: Cabo e conector M12.

Screenshot_2019-04-09_Screenshot_2019-01
Screenshot_2019-04-09_Screenshot_2019-01

© 2016 por RR Motores e Bombas. CNPJ: 11.138.346/0001-77

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube